Apresentação

Bacharelado em Agroecologia

O Curso

Iniciou-se na UFSCar Campus de Araras-SP no ano de 2009 e é um dos primeiros cursos de graduação em Agroecologia ofertados no país e no mundo; surgiu da necessidade de formar um profissional de Ciências Agrárias que atenda as necessidades da sociedade moderna, que, cada vez mais, exige alimentos saudáveis, isentos de resíduos e produzidos em sistemas que utilizam os recursos naturais de forma sustentável e que contribuam para melhor distribuição da riqueza gerada pelo setor agrícola.

Perfil Profissional

O Agroecólogo, mais do que executor de ações, será um agente de transformação da realidade em que está inserido. Por isso, necessita de uma formação multidisciplinar e compreender as mudanças da sociedade contemporânea, ter domínio de conteúdos científicos e formação ética, que lhe motive e o comprometa com a construção de um modelo de desenvolvimento rural sustentável, considerando os agroecossistemas, as comunidades, os territórios e as instituições envolvidas.

Estrutura Curricular

O curso é integral (diurno) com duração de cinco anos. As disciplinas do curso são ofertadas com base em aulas teóricas e práticas tanto em campo como em laboratórios e são divididas em quatro eixos temáticos. O primeiro refere-se ao AGROECOSSISTEMA e as atividades produtivas propriamente ditas abrangem questões relativas às atividades vegetais e animais, à fitotecnia, à zootécnica e às ciências florestais, bem como seus componentes econômicos e sociais. O segundo eixo de disciplinas relaciona o processo produtivo com a base de recursos que dão suporte à atividade, o que se caracteriza como as RELAÇÕES DO SISTEMA PRODUTIVO, com os conteúdos relativos ao SOLO, FLORA E ÁGUA, suas características, aptidões, limitações, manejo e conservação. O terceiro eixo temático refere-se às DIMENSÕES POLÍTICAS, SOCIAIS E CULTURAIS da produção primária, seus determinantes econômicos, mercadológicos e infra-estruturais. Por fim, o quarto eixo de disciplinas refere-se à QUALIDADE E AO PROCESSAMENTO DA PRODUÇÃO e engloba os processos de certificação e mercado. O estudante é estimulado a realizar estágios durante todo o período da graduação em empresas, ONGs, Universidades, Prefeituras, órgãos de extensão rural e de pesquisa, cooperativas e outras instituições, e também a participar de congressos e eventos técnicos e científicos. Outra diretriz do curso é a de proporcionar ao estudante a “ida a campo” desde o início do curso, ou seja, de participar e/ou acompanhar atividades do setor agrícola. Para mais informações, cunsulte o Projeto pedagógico.

NÚMERO DE VAGAS: 40

INGRESSO: Anual